Medicina alternativa na gestação

 

Oi gurias e barrigudinhas,

Existem muitas opções para as grávidas buscarem conforto durante a gestação, sem apelar para medicamentos. Eu mesma fiz no último trimestre das duas gestações acupuntura para a dor nas costas por conta do peso da barriga. A Rochelle, nossa colunista, doula e enfermeira trouxe um texto super interessante sobre práticas terapêuticas.

Confere:

Que toda gestante deve fazer o pré-natal para cuidar de si e do bebê, todos sabemos. Mas não é só isso! O que temos visto é que as gestantes têm procurado cuidados complementares aos tradicionais. Estamos falando de práticas terapêuticas integrativas e complementares como a acupuntura, aromaterapia, fitoterapia, homeopatia, entre outras. Segundo o Ministério da Saúde (2006) as práticas integrativas e complementares ampliam a visão do processo saúde-doença e a promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado.

Entre os cuidados complementares que mais têm sido utilizados com gestantes e puérperas, destacamos a acupuntura, homeopatia e a aromaterapia.

Resultado de imagem para pregnancy acupuncture Continuar lendo

Anúncios

Relato de Parto – Parte 1 – Em casa

O parto da Olívia foi imaginado na minha cabeça antes mesmo dela ser concebida. Desde que passei pela experiência da cesárea com o Fernando ficava imaginando como teria sido se fosse parto normal, li mais relatos e fui atrás de informação para entender o por quê do parto não ter evoluído. Então entendi que para ter um parto como eu imaginava, teria que me planejar, me informar, me preparar. Dependeria 90% de mim e apenas 10% do destino e da equipe que me acompanharia.

Sabia que teria um segundo filho mais cedo ou mais tarde, e teria oportunidade de fazer diferente. Aí surgiu a gravidez da Olívia, adiantada em 2 anos nos nossos planejamentos, mas não menos amada e querida.

Caí de cabeça em livros, em pesquisas, em fatos e dados, afinal, muitos falavam de risco de parto normal após uma cesárea. Procurei grupos de apoio, busquei uma doula e fui visitar hospitais. Se existisse um certificado de “Preparada para o parto”, eu teria recebido…hehehe.

Por conta das famosas taxas de disponibilidade cobradas pela maioria dos obstetras, resolvi que teria o parto com uma equipe de plantão. Pelo meu convênio a única opção de hospital com plantão obstétrico em Porto Alegre seria a Santa Casa, mas depois de ir à um grupo de apoio e ouvir relatos de parto pelo SUS no Hospital Conceição, fiquei muito animada e resolvi escolher entre os 2 hospitais. Continuar lendo

Aquela que vai segurar minha mão

Desde que ganhei o Fernando, li muito sobre partos, partos normais, humanizados, naturais, pós cesárea. Todas as opções de parto, todas as intervenções necessárias e desnecessárias, e por esse caminho, nessa leitura, vi que muitos partos celebrados e comemorados pelas mães, havia alguém em comum presente: A Doula!

E eu estou muito feliz de ter escolhido alguém, que além do meu marido, vai me dar apoio na hora do parto, vai me incentivar, tentar me acalmar e vai segurar minha mão.

Pedi para ela contar, o que a levou a se tornar doula, e o resultado é este depoimento lindo.

 

“Realização…

Algo que sempre busquei, sendo mulher, profissional, esposa e mãe. Continuar lendo

Benefícios da Yoga Gestante

Gurias,

Tenho postado por aqui que decidi praticar yoga na gestação da Olívia. Achei que não ia curtir, porque sou mentalmente elétrica, mas tem me feito tão bem, principalmente por ser uma segunda gestação, e quando a gente tem outro filho tão pequeno, as vezes fica difícil se conectar com o bebê que está por vir.

Sim, porque na primeira gestação, o mundo gira literalmente em volta do umbigo, mesmo que você trabalhe, mesmo que você tenha mil e uma atividades. Quando estava grávida do Fernando, trabalhava em Gravataí, e fazia pós lá na zona sul, imagina o corre corre, mas cabeça e o coração estavam nele. Mas agora tem o Fernando fora da barriga, demandando 199% de mim, e na cabeça de mãe, o filho que está na barriga está 100% protegido do mundo, e nesse momento ele está no melhor e mais seguro lugar que poderia estar.

Yoga pra mim é isso, conexão, preparação pro parto e pra vida que vem no pós parto. Calma no Caos!DSC_1479 copy

E pra falar com toda propriedade sobre Yoga, a querida Fabi Panassól da Luz Materna (Onde eu faço a yoga), escreveu pra gente.

Confere aqui:

Olá, aqui é a Fabi Panassol, professora de Yoga para Gestantes, doula e coach!

Eu amo fazer o que eu faço e ensinar o que sei, ajudando mulheres a viver na gestação, parto e maternidade a sua Continuar lendo

Aleitamento materno, um lindo conto de fadas!?

Amamentar é um ato de amor, de doação, de persistência, de provação, e as vezes também de sofrimento.

Minha experiência sobre amamentação foi a principio bem tranquila, claro que doeu um pouco no começo, mas tinha12189832_1705537919679801_7109497638245488717_n bastante leite, bico do seio bem formado, e o Fernando depois que achava o peito (sim, porque na primeira semana se contorcia todo, parecia que não sabia “o que” ele tinha que sugar, e isso me deixava um pouco nervosa), mamava bem. Amamentava em qualquer lugar, e com quem estivesse em volta. Pra mim foi sempre natural, e enfim, sinceramente, todo mundo já viu peito na vida, o meu não era nenhuma “revelação do ano”.

Mas passei por alguns sufocos, ele mamava bem, mas bem rápido, e todo mundo a minha volta, inclusive a pediatra, me deixavam super insegura sobre ele estar mamando o suficiente. Acordado ele mamava no máximo 5 minutos, e dormindo na madrugada uns 20. Mas enfim, ganhava peso certinho, e por outros N motivos, tomava 1 mamadeira de complemento por dia até os 5 meses.

Ele não quis mais mamar Continuar lendo