Relato de Parto – Parte 1 – Em casa

O parto da Olívia foi imaginado na minha cabeça antes mesmo dela ser concebida. Desde que passei pela experiência da cesárea com o Fernando ficava imaginando como teria sido se fosse parto normal, li mais relatos e fui atrás de informação para entender o por quê do parto não ter evoluído. Então entendi que para ter um parto como eu imaginava, teria que me planejar, me informar, me preparar. Dependeria 90% de mim e apenas 10% do destino e da equipe que me acompanharia.

Sabia que teria um segundo filho mais cedo ou mais tarde, e teria oportunidade de fazer diferente. Aí surgiu a gravidez da Olívia, adiantada em 2 anos nos nossos planejamentos, mas não menos amada e querida.

Caí de cabeça em livros, em pesquisas, em fatos e dados, afinal, muitos falavam de risco de parto normal após uma cesárea. Procurei grupos de apoio, busquei uma doula e fui visitar hospitais. Se existisse um certificado de “Preparada para o parto”, eu teria recebido…hehehe.

Por conta das famosas taxas de disponibilidade cobradas pela maioria dos obstetras, resolvi que teria o parto com uma equipe de plantão. Pelo meu convênio a única opção de hospital com plantão obstétrico em Porto Alegre seria a Santa Casa, mas depois de ir à um grupo de apoio e ouvir relatos de parto pelo SUS no Hospital Conceição, fiquei muito animada e resolvi escolher entre os 2 hospitais. Continuar lendo

Anúncios

Vindo ao mundo com respeito e carinho

Hoje a nossa mãe convidada é minha prima amada, Dani Corsetti, que conta como se preparou para o parto, e como foi importante estar cercada de uma equipe de confiança e da família.

“Muitos amigos me perguntaram sobre meu parto, como passei e como tem sido esses primeiros dias de maternidade. Como vejo muitos depoimentos negativos a respeito da cesariana e desrespeito com o paciente, gostaria de relatar a minha experiência como parturiente e como gestante.

Antes de engravidar fiquei muito insegura quanto ao obstetra que me atenderia, aqui em Brasília, pois não tive experiências muito boas na área médica na cidade… mas não poderia ter meu bebê junto da minha família, pois não queria privar meu marido da experiência de passar as primeiras noites em claro rsrs e nem ficar distante das minhas cadelas.11705323_10207195439783310_8724382022427979604_n

Pela força do destino, quando Continuar lendo